Não é incomum vermos casos de pais que não sabem o que fazer com o filho que simplesmente não consegue se concentrar nas coisas. O chamado déficit de atenção em crianças pode ocorrer por muitos motivos e que exige um tratamento especial, que combina remédios, terapia e ação dos pais como um elemento chave para que a criança possa ter uma vida normal.

Mas apesar de tantas preocupações, é necessário entender que o déficit de atenção não é uma coisa tão complicado e que exige tanto esforço quanto muitos imaginam, podendo ser facilmente controlada quando o tratamento está sendo feito de forma correta.

O que é o Déficit de Atenção?

O transtorno de déficit de atenção, também conhecido como TDAH, é um tipo de distúrbio psiquiátrico caracterizado pela dificuldade extrema de uma pessoa se concentrar em determinado assunto, acompanhado de alguns outros sintomas como a hiperatividade, por exemplo.

Esse distúrbio não é tão incomum quanto se imagina, atingindo entre 3% e 6% das crianças nos dias de hoje, levando em conta crianças acima dos 5 anos, já que até essa idade a distração é algo mais comum.

Mas apesar de esse número parecer grande, nem todas necessitam de tratamentos intensivos e que envolvam medicamentos. Na maioria das vezes, um bom acompanhamento psicológico com sessões de terapia pode resolver o problema.
Não existe uma causa específica para o desenvolvimento da doença, apesar de saber que ela aparece por conta de uma disfunção entre áreas do córtex cerebral. O que acontece, basicamente, é que neurotransmissores funcionam de maneira incorreta quando o cérebro exige que eles trabalhem mais por conta de uma situação de concentração, como a leitura, por exemplo. Pessoas que possuem a TDAH acabam tendo dificuldades exatamente por conta dessa disfunção que acontece no cérebro.

Sintomas do Déficit de Atenção

Não é difícil identificar os sintomas do déficit de atenção em crianças, ainda que apenas um médico especializado possa dar o diagnóstico preciso indicando se a criança possui ou não a doença. Alguns dos principais sintomas do déficit de atenção são:

  • Inquietação
  • Agressividade
  • Dificuldade de concentração
  • Falta de memória repetidas vezes
  • Dificuldade de aprendizagem
  • Impulsividade
  • Depressão

É importante lembrar que apenas com um diagnóstico preciso feito por um médico especialista é possível indicar o exame correto para cada caso. E exatamente por se tratar uma doença onde o diagnóstico é muito delicado, não se deve tentar encontrar curas por conta própria, pois o tratamento pode variar muito de pessoa para pessoa.

Como o Déficit de Atenção em Crianças Pode Atrapalhar

Quando uma criança sofre com o transtorno de déficit de atenção e não recebe o tratamento adequado, diversas consequências podem ocorrer em diferentes níveis e fases da vida. Podemos dividir essas consequências em três grupos para explicarmos com mais clareza como ela pode afetar a vida de uma criança. Esses três grupos são:

  • Em Casa
  • Na Escola
  • Futuramente

Cada um desses três tópicos pode ser afetado de maneiras diferentes pelo déficit de atenção em crianças e por isso necessita de uma explicação à parte.

Em Casa

Muitas vezes o tratamento de TDAH exige atitude dos pais dentro de casa. Problemas como brigas, dificuldade para realizar certos tipos de tarefas e muita distração podem acontecer caso um tratamento adequado para a doença não ocorra. Manter o ambiente organizado e manter um diálogo aberto com a criança com déficit de atenção são caminhos ótimos para que o tratamento seja feito.

Na Escola

Muitos pais só percebem que o filho pode sofrer de TDAH quando começam a ocorrer problemas na escola. Os principais problemas que a doença pode trazer nesse sentido são a dificuldade de aprendizagem e as dificuldades de sociabilização devido aos sintomas como agressão e impulsividade que a doença pode trazer também.

Nesse caso, um médico pode indicar que parte do tratamento seja feita com a família em conjunto com professores e funcionários da escola para que a criança possa melhorar tanto academicamente quando socialmente em sua vida.

Futuramente

Quando o transtorno de déficit de atenção em crianças não é tratado corretamente, diversos problemas podem ocorrer com elas ao longo de suas vidas. A dificuldade de sociabilização, por exemplo, pode fazer com que a depressão se manifeste com mais força nessas pessoas. O não tratamento da doença pode acarretar em diversos outros problemas sociais e psicológicos, como o transtorno de ansiedade, por exemplo.

O TDAH é uma doença séria e que exige um tratamento preciso e, por vezes, complexo. Mas a falta de informação que muitos pais possuem, acaba fazendo com que eles achem que apenas porque seu filho está distraído algumas vezes, ele pode sofrer de déficit de atenção.

Por isso, é sempre importante frisar que distração é déficit de atenção são coisas completamente diferentes e que não se deve confundir as duas de forma alguma, pois isso pode causar confusão na vida da criança e gerar um estresse desnecessário.

A maior dica é: Se você suspeita de que seu filho pode estar sofrendo da doença, procure um médico especialista para receber o diagnóstico correto. Dessa forma todos os tratamentos que precisem ser feitos, aconteceram da maneira correta.

Veja Também: Criança Hiperativa
Foto: isakarakus