Ter um filho é o sonho de muita gente. Mas muitos empecilhos podem surgir no meio desse sonho, trazendo sofrimento para quem passa por isso.

Lidar com a infertilidade provoca diversos sentimentos e emoções. Aliás, o estresse psicológico é um dos resultados da infertilidade. O fato de lidar com diversas tentativas e a cobrança de familiares e amigos, por exemplo, são somente algumas das situações corriqueiras para quem está passando por isso.

Entretanto, é importante lembrar que este não precisa ser um caminho tão solitário visto que, hoje em dia, muitos profissionais são capazes de oferecer suporte para pessoas que estão tentando engravidar.

Contar com o apoio de profissionais para compartilhar as angústias as quais a infertilidade impõe tornam o caminho mais leve. Alguns pesquisadores concordam que os locais de tratamento de infertilidade deveriam considerar as variáveis psicológicas durante o tratamento. Assim, dentre os profissionais indicados, temos os psicólogos que auxiliarão no suporte emocional e psicológico para pessoas que estão enfrentando a infertilidade.

O que é psicoterapia?

Sabemos que os casais que passam por problemas com a fertilidade se tornam ansiosos para conseguirem o seu positivo. Aliás, a ansiedade é uma resposta totalmente normal frente às adversidades que são postas no caminho, como as diversas tentativas, a frustração ao receber o negativo, o sentimento de culpa por ainda não ser mãe ou pai, dentre outras situações.

Entretanto, é importante que saibamos como lidar com esses sentimentos que se afloram no intuito de não os deixar dominarem o nosso corpo. Por isso, fazer psicoterapia é um passo importante para aprender a lidar com toda essa explosão de sentimentos e frustrações. Aliás, estudos comprovam que a psicoterapia é uma alternativa tão confiável quanto o uso de medicamentos quando se trata de controlar a ansiedade e promover saúde mental em mulheres inférteis.

Enfrentar o percurso da infertilidade não é uma tarefa fácil, mas podemos aprender a reagir e lidar com a situação de uma forma mais saudável e que não seja tão dolorosa e solitária. Assim, a psicoterapia, além de ser meio de conseguir alívio e suporte, é também um processo de aprendizagem que proporciona autoconhecimento e um novo olhar para as situações. Vale a pena procurar um profissional que seja o mais adequado para você!

O que o psicólogo irá trabalhar?

Vários estudos demonstram que, em casais que enfrentam a infertilidade, há um aumento de ansiedade e de riscos de depressão, bem como diminuição da autoconfiança. De forma geral, estes são alguns dos sentimentos que são comuns em casais que passam por isso:

  • Ansiedade
  • Estresse
  • Tristeza
  • Desesperança
  • Culpa

Problemas de relacionamento também são comuns ao se experienciar dificuldades para engravidar. Não somente problemas no relacionamento do casal em si, mas também com os familiares e amigos devido às experiências de cobrança e sentimentos de culpa constantes.

O psicólogo, então, trabalhará todas essas e muitas outras questões durante as sessões, provendo suporte, apoio e proporcionando autoconhecimento por meio de intervenções. Além da psicoterapia, é possível que o psicólogo recomende técnicas de relaxamento e, até mesmo, encaminhe o paciente para outro profissional no caso da necessidade da prescrição de medicamentos, já que psicólogos não os prescrevem. Essas intervenções, às vezes, são necessárias para fazer o controle da ansiedade e outros sinais que podem se agravar.

Quando procurar psicoterapia?

Sentir-se pressionada, sozinha e estressada são queixas comuns de mulheres que passam pela infertilidade. Afinal, como já mencionamos anteriormente, é uma reação comum ficar estressada ou ansiosa com uma situação que foge do nosso controle. Entretanto, a luz de alerta acende quando esses sentimentos desagradáveis se tornam uma constante, afetando todas as áreas da vida.

Uma tristeza que dura algumas horas é normal e, até mesmo, saudável, pois é uma reação do nosso corpo frente a uma situação triste. Só que se manter dias e dias triste, sem ânimo e sem esperança, são sinais claros de que algo realmente não está bem no nosso corpo e precisa ser tratado, pois pode até mesmo resultar em uma depressão.

No dia a dia, é comum que casais discordem acerca de como vão lidar com algumas situações, como por exemplo, qual tratamento escolher, para quem contar o que estão passando, dentre outras questões. Assim, você pode optar por uma terapia de casal, por exemplo, onde serão trabalhadas as questões em conjunto, envolvendo ambos.

Dessa forma, o momento certo de fazer psicoterapia cabe a cada um que deseja buscar apoio e suporte ao passar pelos desafios que a infertilidade impõe. Seja individual ou em casal, é altamente recomendável a procura de um psicólogo para que todos os sentimentos que aflorem durante o percurso da infertilidade sejam entendidos de uma forma mais saudável. Ademais, este pode ser um momento especial devido a ser um espaço de expressão dos anseios, angústias e pensamentos, tendo-se a certeza de não ser julgado por aquilo que se é falado, o que é essencial para quem passa por essa situação, não é mesmo?

Como podemos ver, obter suporte e apoio durante esse caminho é necessário para lidar de forma saudável com a infertilidade. Por isso, procure ajude para fazer desse percurso algo menos doloroso!